FILTRE SUAS NOTÍCIAS POR DEPARTAMENTO

Sudeste tem 650 sojicultores inscritos no Desafio Nacional de Máxima Produtividade da soja

voltar
sudeste-tem650-sojicultores-inscritos-no-desafio-nacional-de-maxima-produtividade-da-soja
Foto: Internet
Na décima edição do Desafio Nacional de Máxima Produtividade, promovido pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB), a Região Sudeste teve 650 sojicultores inscritos, os quais concorrem ao título de melhores produtores do grão no país. Assim como na safra 2016/2017, paulistas e mineiros representam a região no evento.
 
Ambos os estados tiveram aumento no número de inscritos: São Paulo passou de 285 para 320 (aumento de mais de 12%) e Minas Gerais de 248 para 330 (aumento aproximado de 33%). Na média da região, o número de produtores participantes teve um crescimento de 22% em relação à safra anterior. “Com a décima edição do evento, muitas pessoas estão conhecendo melhor o Desafio e entendendo que a troca de experiências é fundamental para atingir os maiores níveis de produtividade”, explica Nery Ribas, presidente do CESB.
 
O vencedor do Desafio CESB de Máxima Produtividade 2017/2018, bem como a revelação dos melhores cases, serão apresentados no VIII Congresso Brasileiro de Soja (CBSoja), evento que será realizado de 11 a 14 de junho de 2018 no Centro de Convenções de Goiânia (GO).
 
O objetivo do concurso é criar novas referências da produtividade de soja por meio da captação, análise e disseminação das melhores práticas identificadas no Desafio. Os produtores se inscrevem voluntariamente em duas categorias: Irrigada e Não-irrigada. Em seguida, um grupo de auditores técnicos percorre as áreas para verificar os resultados e eleger os campeões.
 
Na safra 2016/2017, na categoria Não-irrigada, o vencedor da Região Sudeste foi José Renato Nunes, da cidade de Capão Bonito (SP), com uma produção de 108,26 sc/ha. Em âmbito nacional, o campeão foi Marcos Seitz, de Guarapuava (PR), que obteve 149,08 sc/ha. No cultivo irrigado de soja, o ganhador foi Octaviano Camargo Silva, de Bernardino de Campos (SP), que alcançou 106,43 sc/ha. No mesmo período, a média nacional, de acordo com dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), foi de 56 sc/ha.


Fonte: Página1

  • Imprima
    essa Notícia
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail.