FILTRE SUAS NOTÍCIAS POR DEPARTAMENTO

John Deere apresenta na Agrishow os benefícios da alta tecnologia no campo

voltar
john-deere-apresenta-na-agrishow-os-beneficios-da-alta-tecnologia-no-campo
Foto: Divulgação
A participação da John Deere na Agrishow de 2017 mostra como a alta tecnologia no campo faz a diferença no negócio do produtor, resultando em rentabilidade de forma sustentável. Assim, a companhia destaca na feira suas Soluções Integradas para Agricultura de Precisão e Pós-Vendas, que atendem todas as etapas produtivas e conectam a inteligência das máquinas e das pessoas para executar o trabalho no campo.
 
No evento, que acontece de 1 a 5 de maio, em Ribeirão Preto (SP), os visitantes John Deere podem conferir como a conexão entre máquinas, tecnologia, pessoas e inteligência ajudam a executar as operações agrícolas de forma eficiente, o que permite ao cliente melhorar sua rentabilidade de forma sustentável, aplicando o elemento correto, na medida correta, no lugar correto e no tempo correto. É a união da inovação, alta tecnologia e gestão realizada pela John Deere - cuja história de 180 anos é marcada por inovações tecnológicas importantes.
 
“O mundo passa por um aumento de demanda por alimentos, fruto do crescimento populacional que vai chegar em 9,7 bilhões nas próximas décadas. Neste cenário, a agricultura brasileira é uma das responsáveis por essa oferta alimentícia, só que produzida de maneira sustentável. E a palavra-chave de tudo é só uma: tecnologia. Por isso, a John Deere, mais do que ter somente máquinas, busca oferecer as melhores soluções, sejam elas via inovações tecnológicas, pelas parcerias da Rede de Concessionários e por nossa aliança com os produtores”, afirma Paulo Herrmann, presidente da John Deere Brasil e vice-presidente de Vendas e Marketing para a América Latina.
 
De acordo com Paulo Herrmann, os investimentos realizados pela John Deere na última década, um valor que ultrapassa US$ 550 milhões, demonstram a estratégia de longo prazo da companhia para o Brasil. “Tudo o que fizemos é para consolidarmos fisicamente, em cada uma de nossas iniciativas, os conceitos de conectividade rural e inovação, refletidos em nossos lançamentos, serviços, atuação dos Concessionários e Distribuidores e expansões de unidades”, diz. O executivo destaca como exemplo a recente inauguração do Centro de Agricultura de Precisão e Inovação, que nasceu para desenvolver inovações e adaptações nos equipamentos, para que eles sejam totalmente compatíveis com as características do mercado nacional. “Por tudo isso é que o estande da John Deere terá um espaço dedicado a apresentar tecnologias, simuladores e ainda oferecer palestras de atualização”, explica Herrmann.
 
Neste ano, o estande traz uma melhoria: além de ser um dos maiores da feira e estar estrategicamente localizado, a estrutura coberta, já utilizada em parte do estande ano passado, agora abrange 90% da área da companhia na Agrishow, o que proporciona maior conforto aos visitantes. Para esta edição, o espaço vai estar dividido em soluções para agricultura de alta produtividade, agricultura familiar, mercado canavieiro, pecuária, algodão, soluções para campos e gramados, além de equipamentos de Construção e de Florestal.
 
Novidades para todos os setores
O estande da John Deere na feira tem mais de 50 produtos expostos, voltados aos segmentos em que a companhia atua. Destaque também para os Serviços de Pós-Vendas e opções Financeiras apresentadas aos clientes, que oferecem condições por meio do Banco John Deere e via Consórcio Nacional John Deere, além da John Deere Store, com artigos dedicados aos fãs da marca.
 
Como em todos os anos, a John Deere na Agrishow conta com a presença de vários representantes de sua Rede de Concessionários e Distribuidores, considerada a maior rede de relacionamento com clientes no Brasil.
 
Rodrigo Bonato, diretor de Vendas da John Deere Brasil, explica “que uma feira é um momento oportuno para renovar a aliança entre os produtores e a John Deere e a atuação na Agrishow 2017 é para materializar, por meio de um conjunto de soluções efetivas, as demandas dos produtores, independentemente da região, atividade ou cultura”.
 
De acordo com Bonato, a atividade agrícola, atualmente, é marcada pela agricultura de precisão e gerenciamento remoto, do planejamento à colheita, com tecnologias e serviços que chegam aos produtores, independentemente do tamanho da propriedade e do segmento de atuação. Em função disso, a John Deere apresenta na Agrishow máquinas, softwares, serviços de pós-vendas e diversas soluções que, somados, fazem com que os produtores otimizem esforços.
 
Por isso, segundo o executivo, a John Deere dedica uma área especial no estande para a agricultura de precisão, de forma a mostrar para o visitante como a precisão dos trabalhos (aplicar o elemento correto, com a medida certa, no exato lugar indicado e no tempo correto) é diretamente ligada ao rendimento do negócio.
 
“A tecnologia existe para executar operações agrícolas de forma eficiente, ou seja, utilizamos as diversas fontes de informação que temos, como dados das máquinas, da operação, as condições de solo e clima, os mapas de produtividade e as prescrições agronômicas, e somamos com a consultoria de nossa Rede de Concessionários, para que a melhor decisão seja tomada pelo cliente e permita melhorar a rentabilidade do negócio, de forma sustentável”, explica.
 
O destaque fica com o JD Link, solução de telemática para gerenciamento de operações remotamente, que atua em várias máquinas dos segmentos agrícola, construção e florestal. Nos serviços de Pós-Vendas, o JD Link permite que Concessionários e Distribuidores possam realizar diagnósticos remotos e monitorar alertas de manutenção preventiva.
 
No estande ainda haverá novidades como a área “Seu John Deere Sempre Novo”, que marcará o início da promoção voltada à venda de peças e serviços originais – na compra de R$ 500,00 nestes produtos e serviços, o consumidor concorre a um trator 6100J.
 
Quanto às soluções que serão apresentadas, a John Deere traz um conjunto delas para atender cada etapa do ciclo produtivo, nas diferentes culturas. Para o setor canavieiro, acontecerão os lançamentos da Pá-Carregadeira 624K–II versão para bagaço de cana de açúcar, do Monitor de Colheita, dos Tratores Série 7J e o Despacho Dinâmico de Tratores, além da presença de outros destaques do segmento, como as Colhedoras de Cana da Série CH e Pulverizadores 4630 e 4730. Para grãos, os destaques são as Colheitadeiras Série S e o lançamento da Plataforma para Colheitadeira Flex Draper – 700FD. Também tem o lançamento do Trator 8400R, novo integrante da linha 8R, e o mais potente do Brasil. No setor pecuário, a empresa lança o Tratores 6100E/J e destaca ainda os Tratores 5E, assim como as Carregadoras Nacionais. E para todas as etapas, a John Deere disponibiliza o Piloto Automático StarFire 6000.
 
Máxima eficiência para o mercado canavieiro
A importância do mercado canavieiro para a John Deere é refletida nos investimentos da companhia para o segmento. Em março, a companhia expandiu a unidade em Catalão, que fabrica colhedoras de cana-de-açúcar e pulverizadores, aumentando em 30% da capacidade produtiva e com a possibilidade de estimular a exportação das máquinas.
 
No local, são produzidas as Colhedoras de Cana CH570 e CH670, que estarão presentes no estande da Agrishow. O projeto foi desenvolvido pensando nos desafios do mercado de cana nacional e que apresenta o Sistema Econoflow, responsável por trazer melhorias nos mecanismos de alimentação, limpeza e hidráulico e garante 8% de economia no consumo de combustível.
 
Esse segmento conta com equipamentos que fazem uma gestão completa da operação, com máxima eficiência e sustentabilidade. Um dos lançamentos é a Pá-carregadeira 624K-II (versão para bagaço de cana-de-açúcar), que dispõem de uma caçamba adequada para a densidade do material movimentado nestas aplicações. É uma aliada para reduzir os custos operacionais e maximizar os resultados das usinas de cana que operam com a necessidade de desafogar o retorno e alimentar a caldeira com bagaço 24 horas por dia.
 
Ainda para a cana-de-açúcar, a John Deere desenvolveu uma solução integrada para coleta de biomassa que, quando utilizada em conjunto com as Pás-carregadeiras K-II, reduz o tempo de carregamento de uma carreta em até 70% e aumenta a capacidade de carregamento de carga em até 8% por viagem. Esta solução, composta por equipamentos GreenSystem, conta com o Enleirador de Palhiço EP1014, que proporciona alta eficiência e baixo nível de impureza mineral na leira, o Coletor de Fardos CF1012 que garante alta capacidade e segurança na operação e o Grampo para Fardos GF1006. Além do Guide Fleet, para gestão de frota, que produz relatórios específicos para a operação de Coleta de Biomassa.
 
Outra novidade da John Deere é o Monitor da Colheita. Esta ferramenta mensura a produtividade da colheita de cana por meio de sensores no elevador que fazem a leitura dos percentuais de impureza vegetal e de produtividade por hectare.
 
A John Deere lançará na Agrishow também os Tratores Série 7J, que são a solução ideal para desafios nas operações pesadas e em qualquer tipo de terreno. No estande, estará disponível o modelo 7230 voltado para a cultura canavieira.
 
Os tratores 7J contam com recursos como assento com Suspensão Ativa, que reduz em até 90% os movimentos verticais do assento, proporcionando mais ergonomia e conforto ao operador; o Pacote de Luzes Premium com 360 graus de iluminação com luzes frontais, traseiras e laterais no topo da cabine e que garante máxima produtividade 24 horas por dia; a Antena StarFire 6000 + sinal SF3 para maior precisão, estabilidade e repetibilidade e o Eixo Dianteiro TLS, que é um exclusivo sistema de suspensão para maior tração e aumento de até 8% da produtividade. Estes tratores 7J têm compatibilidade e qualidade assegurada com as plantadeiras John Deere 1100, 2100 e DB.
 
O Despacho Dinâmico de Tratores (DDT) é mais uma inovação disponível para o mercado canavieiro. Este equipamento otimiza a logística do processo de colheita fazendo o despacho no momento certo para a colhedora que está aguardando o trator de transbordo.
 
“Para atingir o alvo na dose certa e no momento ideal, a John Deere traz a versão 2017 dos Pulverizadores 4630 e 4730. A tecnologia em agricultura resulta em alto nível de eficiência” explica Daniel Scalco, especialista em Soluções Integradas de Tratos Culturais. Os pontos mais importantes dos pulverizadores são os 75% de eficiência de estabilidade vertical da barra e a diversificação dos bicos de pulverização, conforme a demanda do cliente. Este equipamento possui ainda acesso frontal para entrada e saída da cabine e suspensão pneumática e autonivelante, o que eleva a produtividade no campo.
 
“Uma das maiores preocupações do produtor é a redução do desperdício de defensivos, e o menor amassamento das culturas, já que impactam diretamente na redução de custos e aumento da produtividade da lavoura. A tecnologia presente nos pulverizadores John Deere atende diretamente a essas preocupações, proporcionando mais qualidade e uniformidade na cobertura da área e reduzindo o amassamento das culturas”, destaca Scalco.
 
Colheita com funcionamento simplificado
Com base no conhecimento da agricultura brasileira e visando atender às demandas dos produtores locais, a John Deere lançou a Série S400, que agora completa a família de colheitadeiras da já consagrada Série S. Essas máquinas, que têm como grande novidade a substituição da tecnologia saca-palha pelo rotor, representam 25% mais desempenho, 50% mais qualidade dos grãos e 75% menos perdas.
 
As Colheitadeiras S430 e S440 possuem a tecnologia Rotor TriStream, com três seções descentralizadas (alimentação, trilha e separação), que permite uma melhor separação do grão e da palha. As máquinas dispõem ainda do novo sistema DF4 de limpeza, que proporciona alto desempenho mesmo em condições de subidas e descidas acentuadas. Os modelos contam com os recursos de agricultura de precisão, como mapa de produtividade e piloto automático. Além disso, são equipamentos mais leves, o que gera menos compactação de solo e permite atuação em terrenos alagados e redução do consumo de combustível.
 
Outro importante destaque para a colheita de grãos é a nova Plataforma Flex Draper 700FD para colheitadeiras. Mais robusta e com borda corrugada autolimpante, ela evita o acúmulo de resíduos e aumenta a sua durabilidade. É possível invertê-la para ter maior vida útil, possui duplo guia para maior durabilidade e os degraus frontais são parafusados na parte superior para garantir praticidade e facilidade de limpeza.
 
A Colhedora de Algodão CP690 com o sistema de enfardamento cilíndrico traz benefícios para a redução de custos operacionais. A máquina proporciona ao produtor um incremento de velocidade de 5%, além do aumento de potência do motor para 567cv, chegando a até 597cv com a reserva de torque, o que significa maior agilidade e produtividade na colheita de algodão.
 
Plantio com precisão
A Série 8R é a linha de tratores mais potente do país. São seis modelos com potências de 270 até 400 CV. Esta máquina é a única na categoria com suspensão independente ILS e tração para puxar grandes implementos, representando um aumento de 9% na produtividade. O novo modelo 8400R é o maior e mais tecnológico trator produzido no Brasil com motor de 400 CV de potência nominal e maior tração em seus pneus duplados 800/70R38. O equipamento está preparado para todas as plantadeiras da John Deere.
 
Em janelas de plantio cada vez mais curtas, o trabalho de uma plantadeira é o diferencial na produtividade, seja em termos de hectares plantados, seja em qualidade de plantio. O destaque da John Deere é a Série 2100 com grande capacidade de carga de fertilizante e alcance de mais de 200kg/linha. Os dosadores de fertilizante ProMeter trabalham com precisão mesmo em terrenos inclinados e o Sistema Dual Flex Pro permite que os chassis funcionem de forma independente para acompanhar o perfil do solo.
 
Os diferenciais das Plantadeiras John Deere 2100 são a caixa central de sementes com abastecimento mais rápido e maior disponibilidade, facilidade de manutenção e regulagem e o sistema de transporte acionado de dentro da cabine. As máquinas com o sistema de transmissão variável contam com o Seedstar 2, que monitora até 34 linhas de uma só vez integrado ao monitor GS3, assim os ajustes da plantadeira e do piloto automático, monitoramento de sementes e desempenho estão todos no mesmo monitor.
 
Inovações na pecuária
Quanto mais tecnificada é a operação, maior os ganhos do produtor por hectare. Com os Tratores Série 5E, os produtores conseguem fazer todas as operações com economia de combustível, menor tempo de manobras e de ajustes, baixo investimento e maior rendimento operacional. Estes tratores têm marcha à ré sincronizada, que é uma característica única do mercado. Toda a série 5 de tratores (5075EF, 5055, 5065, 5075, 5078, 5085 e 5090) possui garantia de fábrica de três anos.
 
A Série de Tratores 6100E e J chega para trazer tecnologia a um segmento de mercado que necessita executar variadas operações e com durabilidade diferenciada, sendo ideal para os mercados de pecuária, cana e hortifrúti. “Os tratores têm novo design, capacidade do tanque de combustível que pode superar 12h sem a necessidade de reabastecimento e mais precisão, estabilidade e repetibilidade. Oferece ainda a capacidade de engatar marcha à ré sem parar o trator, economizando tempo em operações com manobras e muita troca de marchas”, explica Rodrigo Barbosa, especialista em Marketing Tático da John Deere.
 
O piloto automático é uma tecnologia que chega para esse segmento com o objetivo de trazer maior rendimento operacional, pois evita remonte. O operador pode focar mais nos implementos do que nas linhas que o trator deve seguir no talhão. Já a Antena StarFire600 aliada ao sinal SF3 permitem maior precisão, estabilidade e repetibilidade.
 
As Carregadoras Frontais Nacionais John Deere têm três modelos compatíveis com as séries de tratores 5 e 6, de fácil acoplamento e opção de autonivelamento e Joystick, este último como uma opção de fábrica.
 
Construção e Florestal
Além de soluções voltadas especificamente para o mercado de agricultura e pecuária, a John Deere desenvolve máquinas para os segmentos de Construção e Florestal, que também estarão presentes na Agrishow.
 
A linha de motoniveladoras, que inclui os modelos 670G, 672G e 770G, é usada tanto na construção quanto na agricultura canavieira. Estes equipamentos apresentam benefícios como facilidade de serviços através do banco de filtros, dos radiadores basculantes e da rápida manutenção das tiras de desgaste do círculo, flutuação da lâmina de série e mudança de marchas mais suave do mercado (Event Based Shifting) e desbloqueio automático do diferencial.
 
Na parte do estande voltada para o segmento de construção, a John Deere terá como lançamento as Retroescavadeiras 310L, equipamentos versáteis, largamente utilizados e adequados para diversos tipos e tamanhos de propriedade. A Série L oferece maior potência líquida do motor, chegando a 86 hp, e ainda traz diferenciais que permitem a redução dos ciclos operacionais, dentre eles a manutenção e verificação diária acessíveis do chão e o monitor de diagnósticos com a descrição dos códigos de falhas. A transmissão PowerShift tem operação facilitada, oferecendo mudanças suaves de marchas, sem necessidade da embreagem, rápida aceleração e velocidade de deslocamento.
 
Mais um lançamento é a Série K-II de Pá-carregadeira, com os modelos 524K-II, 544K-II e 624K-II, que oferecem até 10% de redução de consumo de combustível e ciclos até 5% mais rápidos em comparação ao modelo anterior. A transmissão passa a oferecer como padrão cinco velocidades de operação e um inovador sistema de neutralização adaptativa, com o qual a máquina neutraliza a transmissão de forma automática, assegurando maior eficiência na operação. Outros equipamentos de construção que estarão na feira são a Escavadeira 130G, a Escavadeira 210G e o Trator de Esteira 700J.
 
A Máquina Florestal 2144G é o primeiro lançamento florestal fabricado no Brasil. A máquina é uma opção para operações de Harvester, Processador, Carregador e Garra Traçadora. A cabine é ergonômica, segura e confortável para o operador. Os modos operacionais pré-programados permitem que o operador ajuste a potência da máquina, conforme o volume da floresta, gerando eficiência no uso do combustível. As luzes led garantem uma perfeita condição de luminosidade nos trabalhos noturnos e permitem o uso da câmera de ré durante a noite.
 
Campos e gramados
Integrado ao estande, a John Deere disponibiliza um espaço exclusivo dedicado às Soluções para Campos e Gramados, apresentadas pelo concessionário Terraverde. O estande simula um campo de Golf com elevações, bunker de areia e piso revestido em grama sintética, além dos displays técnicos de produtos. Quem visitar o local pode conferir os equipamentos especiais de aplicação em campos de Golf e gramados esportivos em geral, como 220 E-Cut Híbrida; 260 SL PrecisonCut; 7200 PrecisionCut e 7400 TerrainCut.
 
Pós-Vendas e manutenção preventiva
Atualmente, a John Deere conta com mais de 250 pontos de vendas, que oferecem toda a estrutura de Pós-Vendas, realizando com excelência serviços de otimização e manutenções preventivas, assim como a disponibilidade de peças e serviços, a fim de garantir que nossas máquinas entreguem seu potencial máximo e contribuam para maior produtividade no campo.
 
Um dos destaques na área de manutenção é a nova tecnologia de composição do lubrificante Plus 50 II. Antes as trocas aconteciam a cada 375h e agora são feitas em até 500h de uso do motor para garantir maior proteção e disponibilidade do equipamento.
 
Por meio da tecnologia do JD Link, o concessionário pode realizar ações como diagnóstico remoto através da verificação de códigos de falhas, otimização da performance dos equipamentos, atualização remota de software, relatórios de dados de máquinas, manutenção preventiva e planos de manutenção recomendados pela fábrica e customizados.
 
Além disso, também acontece diariamente, das 13h30 às 14h15, o “Bate papo com a John Deere”, espaço reservado para incentivar uma conversa produtiva entre agentes do agronegócio, incluindo participações remotas. Para participar, é preciso informar-se no balcão de informações do estande. 


Fonte: Grupo CDI - Comunicação e Marketing

  • Imprima
    essa Notícia
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail.